[email protected] 10 de May de 2019
ciume


O ciúme sempre nasce com amor, mas nem sempre morre com ele.
François de Larochefuca

Ciúme O que sabemos sobre ela? Sabemos que esse é um sentimento bastante forte que muitas pessoas podem experimentar. Ao mesmo tempo, para alguém é negativo, e alguém considera um sentimento completamente natural para qualquer pessoa saudável. 

Alguém pensa que o ciúme mata o amor, e alguém, pelo contrário, vê uma prova direta do amor nesse sentimento – uma vez ciumento, significa amor.

Algumas pessoas consideram o ciúme um sinal da insegurança de uma pessoa em si, mas para alguém essa é a luta mais comum por sua felicidade. Eu acredito que o ciúme não tem nenhuma cor particular – negativa ou positiva.

 É realmente um sentimento que é inerente a todas as pessoas, apenas para pessoas diferentes, ele se manifesta de maneiras diferentes e nem todos podem controlá-lo.

 Eu também acredito que sem ciúmes nossa vida não seria tão interessante, tão excitante, tão vibrante e vibrante. Embora Devo admitir que sem ela e a loucura em nossas vidas também seria menor. Ainda assim, pessoas invejosas às vezes podem fazer bobagens incríveis. Neste artigo, meus amigos, vamos falar sobre o que é ciúme, como lidar com isso e como tratar pessoas invejosas.

Definição de ciúme

Então, primeiro de tudo, vamos entender o que é ciúme. A definição qualitativa desse conceito nos permitirá ir muito longe em seu entendimento. O ciúme é em primeiro lugar um sentimento. Não nos apressaremos em chamar isso de destrutivo ou de outro. Primeiro, vamos ver o que é isso. 

E qualquer sentimento é um processo espontâneo que influencia o comportamento de uma pessoa contra sua vontade. Se você olhar ainda mais fundo, pode dizer que o ciúme é uma das reações humanas inatas ao mundo exterior, que ele mal controla. Você provavelmente sabe que os sentimentos causam emoções, e as emoções são difíceis de controlar, especialmente se forem muito fortes.

 Então, há um sentimento de ciúme em cada pessoa, não há dúvida sobre isso. Todo mundo é ciumento, tanto adultos quanto crianças. As crianças são principalmente invejosas de seus pais. E os adultos ficam com inveja de seus parceiros. 

Então, temos esse sentimento desde o nascimento. No entanto, o ciúme não pode ser chamado de um sentimento completamente inato, porque alguns momentos no comportamento de pessoas invejosas são adquiridos. Nós não podemos apenas ser ciumentos, podemos fazê-lo de maneiras diferentes. Ou seja, podemos aprender a expressar nosso sentimento de ciúme de uma certa maneira. 

Em alguns casos, é expressa principalmente por meio de insultos, em outros por agressão, em terceiros casos por medo e assim por diante. E da mesma forma, uma pessoa, dependendo do seu desenvolvimento, pode ser muito ciumento ou moderadamente ciumento e praticamente nem um pouco ciumento.

 Tudo depende de como sua vida está indo. Se a vida de uma pessoa é boa, ele consegue muito, ele tem muito e graças ao seu sucesso, ele se sente confiante o suficiente esse sentimento de ciúme nele será expresso muito fracamente e somente em situações excepcionais. E se ele não tem atenção, amor, respeito, simpatia dos outros, e por causa disso, ele não é autoconfiante, então ele pode ser muito ciumento. Assim, a capacidade de satisfazer suas necessidades às custas e com a ajuda de outras pessoas afeta nosso senso de ciúme de maneira muito direta.

Vamos em frente e ver em que consiste o sentimento de ciúmes. Aqui podemos dar-lhe várias definições. 

Ciúme é insegurança. Ciúme é medo. Ciúme é orgulho. 

O ciúme é egoísmo. O ciúme é inveja. E pode-se dizer, com muito cuidado, que o ciúme é amor. Mas ao mesmo tempo nós faremos uma reserva que o amor em ciúme se exprime quando o homem invejoso pensa na sua pessoa querida, os seus interesses e felicidade, e não só sobre ele mesmo. 

Então, o ciúme pode ser bastante multifacetado. Mais precisamente, esse sentimento consiste em sentimentos diferentes e, portanto, pode se manifestar de maneiras diferentes. Vamos ver todas essas partes da inveja com mais detalhes.

Insegurança humana

A insegurança humana é uma razão muito comum para o ciúme. Mas vamos pensar sobre o que exatamente as pessoas não têm certeza quando estão com ciúmes, quais são suas habilidades? Eles não têm certeza de que serão capazes de encontrar um substituto para a pessoa que precisam e de quem é ciumento se ele os deixar. 

Aqui eles temem pelo futuro. Eles também não têm certeza de sua competitividade, por isso temem que a atenção, amor, respeito e outros recursos de que necessitam sejam dados a outra pessoa. 

Neste caso, eles temem pelo presente. Você também pode acrescentar que na infância eles não receberam amor, carinho, atenção e calor suficientes, então eles se sentem insatisfeitos – eles podem não ter a atenção que recebem do parceiro. Aqui eles já estão com medo de repetir o passado. Então, como você pode ver, pessoas inseguras temem muito,

Ao mesmo tempo, quero ressaltar que, no caso de pessoas incertas, não é o medo que desempenha o papel fundamental, e nem a capacidade dessas pessoas de enfrentar esse medo com uma solução forte. 

Frequentemente, eles têm medo do que poderiam enfrentar, mas sua insegurança suprime suas qualidades fortes e os força a comportar-se emocional e erraticamente.

Por causa disso, seu ciúme é como um estado de completo desespero, quando eles se comportam, por assim dizer, caprichosamente, tentando assim conseguir algo de outras pessoas. 

Eles mesmos explicam seu ciúme com amor pela pessoa que amam, o que nem sempre é verdade. Muitas vezes, pessoas inseguras não amam tanto alguém de quem têm inveja, como se apegam a essa pessoa, como a única oportunidade, na opinião deles, de estar com alguém. 

É difícil amar tais pessoas, porque o sentimento de amor é abafado pelo sentimento de medo. Essas pessoas muitas vezes, como dizem, sofrem de ciúmes, isto é, estão em sua forma crônica.

 Seu ciúme os impede de ver as coisas objetivamente. Às vezes, eles procuram especificamente uma oportunidade para se ofender com uma pessoa, a fim de atrair sua atenção na forma de pena. 

Ao mesmo tempo, muitas vezes notei uma coisa sobre essas pessoas – elas podem facilmente desistir de seu parceiro em nome de uma pessoa mais interessante do ponto de vista delas. Então, ser um grande povo ciumento e duvidoso muitas vezes trai o parceiro, por causa de alguém condicionalmente melhor. Então, o ciúme dessas pessoas não é prova de seu amor pelo homem. 

Mas há, claro, exceções. Às vezes, eles procuram especificamente uma oportunidade para se ofender com uma pessoa, a fim de atrair sua atenção na forma de pena. Ao mesmo tempo, muitas vezes notei uma coisa sobre essas pessoas – elas podem facilmente desistir de seu parceiro em nome de uma pessoa mais interessante do ponto de vista delas. 

Então, ser um grande povo ciumento e duvidoso muitas vezes trai o parceiro, por causa de alguém condicionalmente melhor. Então, o ciúme dessas pessoas não é prova de seu amor pelo homem. 

Mas há, claro, exceções. Às vezes, eles procuram especificamente uma oportunidade para se ofender com uma pessoa, a fim de atrair sua atenção na forma de pena. Ao mesmo tempo, muitas vezes notei uma coisa sobre essas pessoas – elas podem facilmente desistir de seu parceiro em nome de uma pessoa mais interessante do ponto de vista delas. 

Então, ser um grande povo ciumento e duvidoso muitas vezes trai o parceiro, por causa de alguém condicionalmente melhor. Então, o ciúme dessas pessoas não é prova de seu amor pelo homem. 

Mas há, claro, exceções. pessoas que duvidam de si mesmas costumam trair o próprio parceiro, em nome de alguém condicionalmente melhor. Então, o ciúme dessas pessoas não é prova de seu amor pelo homem. 

Mas há, claro, exceções. pessoas que duvidam de si mesmas costumam trair o próprio parceiro, em nome de alguém condicionalmente melhor. Então, o ciúme dessas pessoas não é prova de seu amor pelo homem. Mas há, claro, exceções.

Para interagir com sucesso com essas pessoas, você precisa mostrar a elas sua dependência. No primeiro estágio, essa é uma ótima maneira de incutir mais confiança neles e torná-los menos ciumentos.

Bem, então essas pessoas precisam ser ajudadas a aumentar consistentemente a autoconfiança por meio de uma estratégia competente, de modo que, por um lado, não sejam excessivamente ciumentos e não envenenem sua vida e, por outro, não passem ao outro extremo e não comecem a pensar quem.

Medo

Quanto ao sentimento de medo, aqui tudo pode ser reduzido às necessidades humanas, para a satisfação de quais recursos correspondentes são necessários. E as pessoas também são um recurso e muito valiosas. As pessoas podem dar muito um ao outro, tanto no sentido material como espiritual.

 Portanto, quando uma pessoa tem medo de não poder satisfazer uma ou outra de suas necessidades com a ajuda de outra pessoa – seu parceiro, porque ele pode começar ou já iniciou um relacionamento ao lado – ele fica com ciúmes dele.

 Por exemplo, uma esposa pode ter inveja de seu marido por outra mulher, também porque ele é capaz, por causa dessa mulher, de privar sua parte dos recursos que ela precisa do mesmo dinheiro. 

Ao mesmo tempo, é possível que o próprio homem possa não ser muito necessário para ela – ela precisa apenas dos recursos que recebe dele. Esta é uma opção. Ou um homem pode ter medo de não satisfazer sua necessidade de sexo, devido ao fato de que sua mulher se comunica com outro homem e, portanto, pode deixá-lo. Como pessoa, como pessoa, uma mulher pode não estar interessada em um homem, mas como parceira sexual, ele precisa dela. 

Todas essas perdas possíveis de recursos e, como resultado, a incapacidade de satisfazer suas necessidades com a ajuda deles – causam medo nas pessoas, o que, por sua vez, assume a forma de ciúme. 

É claro que o medo está intimamente relacionado à incerteza, mas, ao contrário, é baseado em uma ameaça real, não fictícia, de perder os recursos necessários para atender às diversas necessidades. Esse medo também pode surgir de pessoas autoconfiantes, já que qualquer pessoa tem medo de perder alguma coisa. O medo da perda é um medo muito forte.

Quanto ao orgulho – outro componente do ciúme, que em algumas pessoas pode prevalecer sobre as outras partes constituintes, esse sentimento é expresso no ego desfavorecido do ciumento, que acredita que alguém pode ser alguém, mas ninguém pode enganar, trair, desistir, troca por outro.

 É como você sabe, pensar que todos ao seu redor amam tanto quanto você ama a si mesmo. O que naturalmente não é o caso.

 No entanto, alguns indivíduos superestimam a auto-estima, então eles se enfurecem com o fato de que outras pessoas não os tratam tanto quanto eles mesmos tratam.

 Eles não gostam que os outros não os vejam como deuses. Essas pessoas orgulhosas percebem dolorosamente qualquer recusa de outras pessoas e, mais ainda, de seus parceiros. Eles geralmente consideram seus parceiros como sua propriedade, que você pode descartar como quiser. 

Eles não procuram criar relações iguais com outras pessoas – eles querem possuí-los. O ciúme envolve essas pessoas geralmente quando o parceiro declara seus interesses e desejos, contra sua vontade e desejos.

Inveja

 E esta inveja expressa-se, por via de regra, de uma forma bastante agressiva. As pessoas orgulhosas não têm medo de perder o parceiro, têm medo de perder sua fé em sua própria grandeza. Com essas pessoas, é melhor ter cuidado, porque o ciúme, baseado no orgulho, muitas vezes leva os invejosos a atos insanos. 

De tais pessoas precisam sair de repente e rapidamente, de modo a não se tornar uma vítima do seu ciúme. contra sua vontade e desejos. E esta inveja expressa-se, por via de regra, de uma forma bastante agressiva. As pessoas orgulhosas não têm medo de perder o parceiro, têm medo de perder sua fé em sua própria grandeza. 

Com essas pessoas, é melhor ter cuidado, porque o ciúme, baseado no orgulho, muitas vezes leva os invejosos a atos insanos.

De tais pessoas precisam sair de repente e rapidamente, de modo a não se tornar uma vítima do seu ciúme. contra sua vontade e desejos. E esta inveja expressa-se, por via de regra, de uma forma bastante agressiva. As pessoas orgulhosas não têm medo de perder o parceiro, têm medo de perder sua fé em sua própria grandeza.

Com essas pessoas, é melhor ter cuidado, porque o ciúme, baseado no orgulho, muitas vezes leva os invejosos a atos insanos. 

De tais pessoas precisam sair de repente e rapidamente, de modo a não se tornar uma vítima do seu ciúme.

Quanto ao egoísmo, o melhor é ver quando o homem invejoso não é suficientemente honesto com seu parceiro, mas dele, de seu parceiro, ele espera por devoção e lealdade. 

Você sabe, há pessoas, tanto entre homens como mulheres, que não são avessas a ter um caso do lado, mas seus parceiros são proibidos de fazê-lo. Eles pensam apenas em si mesmos e em seus desejos e necessidades, e as necessidades e desejos de outras pessoas não lhes interessam. 

Seu ciúme é o desejo de restringir os outros, sem se restringir. Essas pessoas se comportam como crianças – elas querem tirar, mas não querem dar nada em troca. Isso muitas vezes leva à solidão. As crianças, a propósito, também têm inveja de seus pais por causa do egoísmo.

 Uma criança pode odiar seu irmão ou irmã apenas porque mamãe e papai lhe dão atenção e cuidado por ele. Ao mesmo tempo, esta criança também pode ser suficiente para tudo, mas ele ainda ficará com ciúmes. Esse ciúme, acredito, é um indicador da dependência de uma pessoa em relação a outras pessoas, por causa da qual ele tem um sentimento de ganância. 

Ele não fica com ciúmes porque tem medo de perder alguma coisa, mas porque quer mais. Entre os adultos, existem muitos desses egoístas que se comportam como crianças. 

Eles não sentem ciumes porque algo está faltando ou que seu parceiro, amigo, causa ciúme. Eles estão com ciúmes porque eles só querem mais. Para eles, existem apenas eles e seus interesses e desejos. 

E eles não são capazes de entender os interesses, desejos, sentimentos, necessidades de outras pessoas. Quanto à atitude em relação a essas pessoas e seu ciúme, só posso recomendar uma coisa a você – tente ficar longe delas. Essa é a melhor maneira de resistir ao ciúme egoísta. O melhor, na minha opinião, a punição para o egoísta é a solidão.

Falando do ciúme como outro componente do ciúme, podemos dizer o seguinte: muitas vezes pessoas invejosas acreditam que tanto aqueles que são invejosos quanto aqueles a quem eles são ciumentos recebem mais da vida do que eles.

 Você sabe, quando uma pessoa é privada ou se sente privada, ele odeia aqueles que, como parece, recebem mais da vida. De fato, a inveja é frequentemente um sentimento falso.

 Só pode parecer a uma pessoa que as outras pessoas têm uma vida melhor do que a dele, enquanto cada pessoa tem seus próprios problemas, suas próprias dificuldades, seus próprios testes. Mas por inveja, com base na inveja, todos esses argumentos não têm significado. 

As pessoas estão com ciúmes porque estão com ciúmes, mas com ciúmes porque não sabem apreciar e apreciar o que têm. Tais pessoas só precisam ser mostradas – quão bela é a sua vida e, se necessário, também mostrar como é terrível para aqueles para quem eles invejam. É especialmente importante entender o relacionamento com um parceiro para que ninguém se sinta privado.

Quando ocorre

 O ciúme aparece frequentemente nas relações em que as pessoas vivem umas com as outras em condições em que uma delas tem mais direitos e liberdades do que a outra. Isso causa ressentimento, raiva, ciúmes em um parceiro privado, e esses sentimentos começam a alimentar um sentimento de ciúme, que muitas vezes se transforma em um sentimento de ódio. Tal vida leva as pessoas a um beco sem saída. 

Para lidar com esse ciúme e não invejar ninguém – você precisa melhorar a qualidade de sua vida. Você precisa se comunicar com um grande número de pessoas interessantes, constantemente fazer novas amizades, fazer suas coisas favoritas, agradar a si mesmo com mais freqüência com o que você gosta. Em outras palavras, você precisa aproveitar a vida, satisfazer suas necessidades e não pensar

Como você pode ver, amigos, um sentimento como egoísmo pode combinar vários outros sentimentos que podem ser considerados negativos ou neutros, dependendo de como você os observa. 

Se você está com ciúmes de alguém, então você precisa entender quais sentimentos e até que ponto alimentar o seu ciúme, a fim de entender como você pode ter esse sentimento sob controle.

E é necessário fazer isso para não se tornar sua vítima De fato, às vezes, o ciúme pode levar uma pessoa a atos violentos, como assassinato ou suicídio, o que, como você entende, é um absurdo total. E, para evitar esse absurdo, você precisa estudar seus sentimentos – procure as razões que os causam e lide com eles.

 E, ao mesmo tempo, é desejável estudar os sentimentos das pessoas ao seu redor, especialmente aquelas próximas a você. Afinal, se essas pessoas estão com ciúmes de alguém, então, no futuro, você pode esperar surpresas desagradáveis ​​deles.

 Pessoas invejosas geralmente se concentram em seu ciúme, contribuindo assim para o desenvolvimento desse sentimento. E com o tempo, torna-se crônico. 

A aptidão crônica para o ciúme é chamada de inveja. Quando esta doença sensual atinge uma pessoa, o ciúme se torna um fim em si mesmo para ele.

Não obstante o precedente, eu não teria sido eu mesmo se não tivesse dito que há benefício da inveja. Em sua forma específica, torna as pessoas mais parcimoniosas nos relacionamentos, ensina-as a valorizar o que elas têm e ajuda-as a lutar por sua felicidade. 

Afinal, qual é a alternativa para o ciúme? – Isso é indiferença completa para outras pessoas, para um parceiro e excesso de confiança, quando uma pessoa não se importa como seu parceiro se comporta, com quem ele se comunica, o que ele quer e assim por diante, porque ele sabe que sempre será capaz de encontrar um substituto. 

Por um lado, parece bastante ousada, mas, por outro lado, com essa abordagem da vida, as pessoas não valorizam ou preservam seu relacionamento e não tentam manter um parceiro, um amigo, se perceberem que o estão perdendo. 

Eles não procuram entender e às vezes até perdoar as pessoas queridas, acreditando que podem facilmente encontrar um substituto para eles. 

Ameaças

E no final Qualquer relacionamento pode ser ameaçado se as pessoas pararem de ciúmes umas das outras completamente e, portanto, não terão medo de perder um ao outro. E não haverá conversas de perdão entre si, nos casos em que um dos parceiros cometer um erro. Mas todos nós cometemos erros, o homem não é perfeito. 

Mas se não tentarmos manter uma pessoa querida para nós com nosso ciúme, se não lutarmos por um relacionamento com ele, não tentaremos perdoá-lo quando necessário, mas, em vez disso, começaremos a trocar de parceiro como luvas, então perderemos nossa felicidade. 

Então, com essa visão das relações entre as pessoas, vejo certo benefício no ciúme. No final, a natureza nos dotou por algum motivo com esse sentimento desconfortável, o que significa que precisamos disso.

 Portanto, devemos tratá-lo com compreensão. se as pessoas pararem completamente de ciumes umas com as outras e, portanto, não terão medo de perder uma a outra. E não haverá conversas de perdão entre si, nos casos em que um dos parceiros cometer um erro.

 Mas todos nós cometemos erros, o homem não é perfeito. Mas se não tentarmos manter uma pessoa querida para nós com nosso ciúme, se não lutarmos por um relacionamento com ele, não tentaremos perdoá-lo quando necessário, mas, em vez disso, começaremos a trocar de parceiro como luvas, então perderemos nossa felicidade.

 Então, com essa visão das relações entre as pessoas, vejo certo benefício no ciúme. No final, a natureza nos dotou por algum motivo com esse sentimento desconfortável, o que significa que precisamos disso. 

Portanto, devemos tratá-lo com compreensão. se as pessoas pararem completamente de ciumes umas com as outras e, portanto, não terão medo de perder uma a outra. E não haverá conversas de perdão entre si, nos casos em que um dos parceiros cometer um erro.

 Mas todos nós cometemos erros, o homem não é perfeito. Mas se não tentarmos manter uma pessoa querida para nós com nosso ciúme, se não lutarmos por um relacionamento com ele, não tentaremos perdoá-lo quando necessário, mas, em vez disso, começaremos a trocar de parceiro como luvas, então perderemos nossa felicidade. 

Então, com essa visão das relações entre as pessoas, vejo certo benefício no ciúme. No final, a natureza nos dotou por algum motivo com esse sentimento desconfortável, o que significa que precisamos disso. 

Portanto, devemos tratá-lo com compreensão. e, portanto, não tenha medo de perder um ao outro. E não haverá conversas de perdão entre si, nos casos em que um dos parceiros cometer um erro. Mas todos nós cometemos erros, o homem não é perfeito. 

Mas se não tentarmos manter uma pessoa querida para nós com nosso ciúme, se não lutarmos por um relacionamento com ele, não tentaremos perdoá-lo quando necessário, mas, em vez disso, começaremos a trocar de parceiro como luvas, então perderemos nossa felicidade. 

Então, com essa visão das relações entre as pessoas, vejo certo benefício no ciúme. No final, a natureza nos dotou por algum motivo com esse sentimento desconfortável, o que significa que precisamos disso. Portanto, devemos tratá-lo com compreensão. e, portanto, não tenha medo de perder um ao outro.

 E não haverá conversas de perdão entre si, nos casos em que um dos parceiros cometer um erro. Mas todos nós cometemos erros, o homem não é perfeito. 

Mas se não tentarmos manter uma pessoa querida para nós com nosso ciúme, se não lutarmos por um relacionamento com ele, não tentaremos perdoá-lo quando necessário, mas, em vez disso, começaremos a trocar de parceiro como luvas, então perderemos nossa felicidade. 

Então, com essa visão das relações entre as pessoas, vejo certo benefício no ciúme. No final, a natureza nos dotou por algum motivo com esse sentimento desconfortável, o que significa que precisamos disso. Portanto, devemos tratá-lo com compreensão. Mas todos nós cometemos erros, o homem não é perfeito.

 Mas se não tentarmos manter uma pessoa querida para nós com nosso ciúme, se não lutarmos por um relacionamento com ele, não tentaremos perdoá-lo quando necessário, mas, em vez disso, começaremos a trocar de parceiro como luvas, então perderemos nossa felicidade. 

Então, com essa visão das relações entre as pessoas, vejo certo benefício no ciúme. No final, a natureza nos dotou por algum motivo com esse sentimento desconfortável, o que significa que precisamos disso. Portanto, devemos tratá-lo com compreensão. Mas todos nós cometemos erros, o homem não é perfeito.

 Mas se não tentarmos manter uma pessoa querida para nós com nosso ciúme, se não lutarmos por um relacionamento com ele, não tentaremos perdoá-lo quando necessário, mas, em vez disso, começaremos a trocar de parceiro como luvas, então perderemos nossa felicidade. Então, com essa visão das relações entre as pessoas, vejo certo benefício no ciúme. 

No final, a natureza nos dotou por algum motivo com esse sentimento desconfortável, o que significa que precisamos disso. Portanto, devemos tratá-lo com compreensão. então sentimos falta da nossa felicidade.

 Então, com essa visão das relações entre as pessoas, vejo certo benefício no ciúme. No final, a natureza nos dotou por algum motivo com esse sentimento desconfortável, o que significa que precisamos disso. Portanto, devemos tratá-lo com compreensão. então sentimos falta da nossa felicidade. 

Então, com essa visão das relações entre as pessoas, vejo certo benefício no ciúme. No final, a natureza nos dotou por algum motivo com esse sentimento desconfortável, o que significa que precisamos disso. Portanto, devemos tratá-lo com compreensão.

No entanto, em nossa sociedade, costuma-se olhar para o ciúme, principalmente como um sentimento negativo e destrutivo. Homens invejosos nos parecem inseguros, injustificadamente suspeitos e muitas vezes excessivamente agressivos, com comportamento extremamente desagradável e às vezes perigoso.

 Naturalmente, tal expressão de ciúme não pinta uma pessoa. Mas não tenho pressa em juntar-me à opinião da maioria e só vejo inveja na negativa; não me apresso em oferecer às pessoas para combater esse sentimento de todas as maneiras disponíveis.

 Conheço muitas histórias quando pessoas invejosas se apegavam tão fortemente ao parceiro, tentando mantê-lo com todas as suas forças, que conseguiam manter relacionamentos que mais tarde os deixavam felizes.

 Assim, falando de ciúmes – é importante considerar não apenas os aspectos negativos desse sentimento e as histórias ruins associadas a ele, mas também aqueles casos quando as pessoas graças a ele encontraram sua felicidade. Isso nos ajudará a entender melhor e aceitar o ciúme, tanto o estrangeiro quanto o nosso. 

Mas o ciúme deve ser saudável e razoável. E assim ela era, deve ser controlada. Para isso, é importante entender o que causa isso.

Não devemos esquecer que algumas pessoas, por seu comportamento, causam ciúme.

 Eles brincam com os sentimentos de pessoas que não são indiferentes a eles e fazem isso de propósito, a fim de ganhar valor e aumentar sua autoestima. Às vezes é como uma zombaria de um amante que sofre com as manipulações de um ente querido. 

E com tal sentimento como o amor é perigoso jogar, porque, do amor ao ódio, como você sabe, um passo. Portanto, todos esses jogos de ciúmes não são tão simples quanto parecem e estão repletos de sérias conseqüências para todos os participantes. 

As pessoas têm sentimentos que precisam ser compreendidos e respeitados se quisermos manter boas relações com eles e não quisermos ter sérios problemas com eles por causa de sua inveja. 

Portanto, mesmo que a pessoa esteja com ciúmes por causa de sua insegurança e procure colocar seu amor em uma “gaiola de ouro”, ou se comporta de maneira agressiva e agressiva, expressando seu ciúme de maneira muito pouco atraente, então você precisa ajudá-lo a lidar com os sentimentos dele e não tentar brincar com eles. Não brinque de ciúmes – é imprevisível e perigoso em sua pior forma.

Para algumas pessoas, o ciúme é uma prova de amor muito forte. É muito importante que eles se certifiquem de que seu parceiro não seja indiferente a eles, então eles querem que ele tenha pelo menos um pouco de inveja deles.

 Para fazer isso, eles organizam todos os tipos de provocações para fazer um parceiro ciumento, e essas provocações são frequentemente bem-sucedidas. 

No entanto, quero alertar essas pessoas que o ciúme pode gerar a semente da desconfiança, que com o tempo pode crescer até incríveis proporções. O ciúme não é a melhor prova de amor. Cuidar de uma pessoa, sacrificar alguma coisa por sua causa é a prova real. 

E o ciúme, como pode ser visto acima, tem muitos rostos que podem falar sobre diferentes causas desse sentimento. Portanto, é melhor não prejudicar a credibilidade de si mesmo de uma pessoa querida com suas provocações por causa de seu ciúme. Isso pode prejudicá-lo a longo prazo. 

Afinal, um relacionamento sem confiança é sempre tensão, nervosismo, medo, insegurança e ressentimento. Além disso, o ciúme pode enlouquecer uma pessoa, e ele pode atrapalhar as coisas. Você se conhece de que atos insanos as pessoas são capazes em um ataque de inveja, que pode começar com suspeita inocente e se transformar em um grande problema. 

Portanto, vou repetir o que eu disse acima – não brinque e não brinque com ciúmes, então você não vai sofrer com isso. 

Você se conhece de que atos insanos as pessoas são capazes em um ataque de inveja, que pode começar com suspeita inocente e se transformar em um grande problema. Portanto, vou repetir o que eu disse acima – não brinque e não brinque com ciúmes, então você não vai sofrer com isso. 

Você se conhece de que atos insanos as pessoas são capazes em um ataque de inveja, que pode começar com suspeita inocente e se transformar em um grande problema. Portanto, vou repetir o que eu disse acima – não brinque e não brinque com ciúmes, então você não vai sofrer com isso.

Assim, queridos amigos, todos nós vemos que o ciúme é, na maioria dos casos, um sentimento que é desagradável e feio, às vezes até perigoso, tanto para alguém que é ciumento quanto para alguém que é ciumento e até mesmo para quem é ciumento Mas às vezes esse sentimento pode ser muito apropriado.

 Em particular, isso prova que as pessoas não são indiferentes umas às outras e lhes permitem manter seu relacionamento. Você também precisa entender que qualquer ciúme sempre tem uma razão, objetiva ou subjetiva, que precisa ser encontrada e estudada se você tiver problemas com esse sentimento. 

O ciúme não é perigoso quando você o controla. Mas, para obter esse controle, você precisa saber as razões do ciúme de alguém ou de outra pessoa.

Leave a comment.

Your email address will not be published. Required fields are marked*