[email protected] 9 de May de 2019
alegria

Existem três elementos que estão indissoluvelmente ligados e se complementam. Quando você gasta tempo com dois elementos, o terceiro invariavelmente puxa para cima. É sobre otimismo, auto-motivação e felicidade. Se este triângulo é harmonioso, você obtém o máximo prazer da vida, alcança objetivos ambiciosos e olha para o futuro com esperança. As quatro lições anteriores prepararam-se psicologicamente para que você pudesse desenvolver exatamente essas três habilidades.

Otimismo, auto-motivação e felicidade estão ligados ao passado, presente e futuro, portanto, em combinação, eles ajudam a pessoa a alcançar um grande sucesso. Por exemplo, a felicidade está intimamente ligada ao momento presente do tempo, o otimismo transfere nossos pensamentos para o futuro, e a motivação trabalha com três vezes ao mesmo tempo.

Otimismo

Otimismo é confiança no melhor futuro, uma visão da vida de um ponto de vista positivo. Não deve ser confundido com otimismo cego, em que uma pessoa é excessivamente confiante e ignorante.

O pai da psicologia positiva, Martin Seligman, na década de 1980 realizou vários estudos e chegou às seguintes conclusões:

Conclusão 1. Os pessimistas tendem a desenvolver o desamparo adquirido . Este é um fenômeno em que uma pessoa perde a vontade e o desejo de resolver um problema, mesmo que ele possa, porque ele enfrentou tais situações no passado e sempre falhou.

Conclusão 2. Os pessimistas usam o seguinte estilo explicativo:

  • Explicações para eventos ruins: pessoal, persistente e abrangente.
  • Explicações para bons eventos: fatores externos, temporários e específicos.

Conclusão 3. Os pessimistas são propensos à depressão. Segundo a pesquisa de Seligman, essa probabilidade é oito vezes maior que a dos otimistas.

Conclusão 4. Os otimistas usam o seguinte estilo explicativo:

  • Explicações para bons eventos: pessoal, permanente, abrangente.
  • Explicações para eventos ruins: externos, temporários, específicos.

Conclusão 5. Os otimistas são mais flexíveis e podem lidar com as falhas mais rapidamente.

Conclusão 6. Por que o otimismo é tão importante? A pesquisa de Seligman sugere que os otimistas:

  • fisicamente mais saudável
  • viver mais
  • ter boas relações com outras pessoas
  • fazer bem na escola, esportes e praticamente qualquer trabalho
  • todos podem aprender a ser otimistas

Apresentamos a sua atenção três técnicas de desenvolvimento otimista.

Albert Ellis Otimismo Técnica ABCDE

Consiste em cinco elementos.1

Infelicidade ou evento de ativação

Considere o evento que causou emoções negativas ou dolorosas. Você tem que lembrar o momento que aconteceu após o início do evento desagradável e antes de reagir com emoções como ansiedade, tristeza ou raiva. Este exato momento deve ser conscientemente notado. Ajudará a reconstruir seu pensamento para que emoções desagradáveis ​​não penetrem em você.

Exemplo : um amigo pede-lhe para pedir dinheiro emprestado de novo ou de novo não cumpriu a sua promessa.2

Crenças

Todos nós explicamos para nós mesmos o que este ou aquele evento significa para nós. Em algum momento, evite julgamentos como “bom” ou “ruim” e apenas aceite a situação como ela é. Somos frequentemente submetidos a crenças irracionais que levam a emoções inadequadas. Elas sempre surgem quando nos falta evidência ou quando generalizamos demais a causa ou o problema.

Exemplo : “Bem, eu não tive sucesso. Eu nunca consegui.

Consequências

As conseqüências são sempre mais do que apenas os resultados de um evento. Eles podem assumir formas comportamentais e emocionais. Muitas vezes observamos a situação do lado de fora, percebendo como uma pessoa grita ou grita. O que mais deve ser considerado são fatores internos: ansiedade ou tristeza de outra pessoa.

Exemplo : arrependimento, decepção na pessoa com quem você lida ou decepção em você.4

Desafiador

Chegamos à parte prática da tecnologia. Esta etapa envolve conscientemente desafiar e interromper sistemas de crenças negativas por meio de pensamentos e perguntas ponderadas. Primeiro, você precisa retirar suas crenças subconscientes e entrar na fase de disputa. Faça a si mesmo seis perguntas:

  1. Essa crença é combinada com a realidade?
  2. Essa convicção o ajuda a alcançar seus objetivos?
  3. Essas crenças promovem um relacionamento harmonioso com outras pessoas?
  4. Suas crenças levam ao surgimento do pensamento parasitário?
  5. Suas crenças parecem lógicas e razoáveis ​​no contexto da situação atual?
  6. Admita honestamente: na maior parte, suas crenças são prejudiciais ou úteis?

Essas questões contribuem para o processo de separação entre pensamento crítico e disfuncional. É importante perguntar-se a nós mesmos sempre que respondermos incorretamente e entendermos o mal que algumas das crenças nos causam. Destrua pensamentos reacionários e aprenda a pensar de forma produtiva.

Por exemplo:

  • Eu também pedi meu amigo por dinheiro antes / eu também quebro a minha palavra, além deste ato não significa que ele não me respeita – ele só tem muitos problemas na família.
  • Eu vou emprestar dinheiro para ele de qualquer maneira, então por que se preocupar com isso? Meu pensamento é negativo, preciso pensar nos pontos positivos do meu amigo.
  • Muitas pessoas maravilhosas sofreram centenas de fracassos antes de terem sucesso. O fato de eu não ter conseguido agora não significa que sempre será assim. Você precisa dominar suas habilidades, trabalhar nos bugs e aumentar suas chances de alcançar o objetivo.
  • Minhas emoções negativas são prejudiciais à amizade e relacionamentos com outras pessoas. Você deve aumentar sua inteligência emocional e aprender a administrar suas emoções.

Resultados

Marque todos os resultados positivos desta técnica. Quando você esclarece uma situação, não envolve emoções negativas e segue suas convicções, você pode desenvolver a capacidade de criar uma linha alternativa de pensamento baseada em crenças críveis e razoáveis.

Técnicas para trabalhar com pensamentos

Dê a este exercício a quantidade máxima de tempo – de 1 a 3 horas. Você pode terminá-lo em 10 minutos, mas ele trará grandes benefícios se você pegar um pedaço de papel e uma caneta, se concentrar e começar a pensar.

Complete as seguintes frases:

  • Pensamentos dos quais quero me livrar: __
  • Sentimentos que eu quero me livrar: __
  • Sensações que eu quero me livrar: __
  • Memórias das quais quero me livrar: __

Relacione todos os pensamentos, sentimentos, sensações e memórias. Você pode pensar que dez pontos são suficientes, mas seja paciente e crie uma lista de cem pontos para cada parâmetro.

Complete este exercício com as seguintes técnicas:

Distrações : Liste tudo o que você já fez para escapar de pensamentos, sentimentos, sensações e lembranças desagradáveis. Você pode se surpreender ao descobrir que usou inconscientemente técnicas eficientes. É hora de lembrar e aplicá-los conscientemente.

Evasões : Liste as atividades, pessoas, interesses, eventos e lugares que você deve evitar para superar o pensamento negativo. Depois disso, faça uma lista dos mesmos elementos em que você precisa envolver sua consciência com mais frequência.

Padrões Mentais : Liste todas as estratégias sem sucesso que você usou para se livrar das sensações dolorosas. Por exemplo:

  • Ansiedade
  • Pensando no passado
  • Para guardar fantasias vazias sobre o futuro, sem fazer nada
  • Cenários atuais de vingança
  • Role o pensamento: “Não é justo …”
  • Role o pensamento: “Se apenas …”
  • Culpe-se
  • Culpa dos outros
  • Culpa do destino e da paz injusta

Substitutos : lista todos os substitutos físicos aos quais você recorre durante momentos desagradáveis ​​da vida. Por exemplo, comida, compulsão, cigarros, drogas, drogas. Lembre-se de que essas estratégias funcionam apenas no curto prazo e não resolvem o problema.

Agora que você compilou várias listas, analise-as e pergunte-se:

  1. Isso me ajudou a me livrar de pensamentos e emoções desagradáveis? Se não, o que pode ser feito para se livrar deles a longo prazo?
  2. Minha vida foi plena, plena e significativa? Se não, o que você precisa fazer?
  3. O que você precisa investir tempo, dinheiro, energia e recursos para mudar sua maneira de pensar?

Intervenção otimista técnica

Para usar esta técnica você precisa de seis dias, mas você pode lidar com isso em poucas horas. Neste caso, a condição principal será uma revisão regular de equipamentos e repetição periódica de exercícios. Tem semelhanças com a visualização positiva, mas tem algumas diferenças.

Dia 1

Dê a si mesmo tempo suficiente e pense sobre a sua vida familiar mais ideal (por exemplo, nos próximos 10 anos). Imagine que tudo é tão bonito quanto você pode imaginar. Por exemplo, há um cônjuge compreensivo ao seu lado e você tem excelentes relacionamentos com seus filhos. Além disso, você pode morar perto de seus pais, amigos e parentes, para poder passar tempo suficiente com eles.

Anote tudo o que lhe ocorreu sobre isso. Use as seguintes instruções:

  1. Seja tão criativo quanto você quiser.
  2. Use o estilo de escrita que for mais conveniente para você.
  3. Não se preocupe com erros gramaticais.
  4. Adicione o maior número de detalhes possível.

Dia 2

Tire um tempo para pensar sobre o seu emprego ideal ou carreira futura. Não se apresse em responder, porque raramente pensamos sobre isso. Por exemplo, você acha que criar uma empresa inovadora ou trabalhar como designer com total liberdade de ação seria ideal para você. Não limite sua imaginação, mesmo que você não tenha as habilidades necessárias para obter essa posição.

Use as mesmas instruções.

Dia 3

Tome tempo e pense sobre sua saúde mental e física no futuro. Imagine que você conseguiu tudo o que queria.

Como você vê suas habilidades mentais? Você é criativo ou coerente? E quanto ao seu pensamento crítico?

Pense no seu corpo. Com que frequência você pratica e de que forma você está? Que tipo de comida você come?

Use as mesmas instruções.

Dia 4

Tire um tempo para pensar sobre sua vida romântica ideal no futuro. Imagine que tudo corra do jeito que você quer. Talvez você seja casado ou seja um parceiro confiável com quem possa compartilhar experiências e saber que será ouvido e apoiado? Deixe sua imaginação voar e viva seu dia perfeito e romântico em detalhes.

Use as mesmas instruções.

Dia 5

Tire um tempo para pensar sobre os hobbies mais interessantes ou interesses no futuro. O que vai ser? Talvez seja equitação ou artesanato? Se está viajando, quais países você visita e que emoções você tem? Se estiver lendo, quantos livros você já leu, que conhecimentos você adquiriu e como você se sente por causa disso?

Use as mesmas instruções.

Dia 6

Tire um tempo para pensar sobre sua vida social ideal no futuro. Imagine que você tem vizinhos tranquilos e agradáveis, amigos fiéis e confiáveis, e você mesmo pode facilmente encontrar uma linguagem comum com qualquer pessoa. Você pode facilmente falar com um estranho e causar-lhe simpatia, saber influenciar as pessoas e se sentir confiante na sociedade. Quais são seus sentimentos? Apresente sua imagem perfeita em todos os detalhes.

Use as mesmas instruções.

Felicidade

Chegamos ao tópico mais controverso em psicologia. Muitos de vocês podem pensar que aprender a ser feliz é impossível. No entanto, se você ler atentamente as lições anteriores, provavelmente aprendeu que a mentalidade e a percepção são coisas puramente subjetivas e podem ser mudadas.

A felicidade é uma condição humana que corresponde à maior satisfação interior com as condições do ser, plenitude e sentido da vida, o cumprimento do propósito humano. Não se esqueça das palavras de Dale Carnegie: “Lembre-se que a felicidade é completamente independente das condições externas, depende das condições internas”.

Por que você precisa ser feliz? Qual é o ponto?

O objetivo das emoções positivas:

  • As emoções positivas expandem nossas capacidades físicas, intelectuais e sociais. Quando estamos de bom humor, as pessoas nos amam mais.
  • Nossas emoções positivas nos permitem ser mais criativos e autoconfiantes do que quando estamos de mau humor. 

Os benefícios das emoções positivas:

  • Saúde física: pesquisas comprovam que pessoas alegres vivem mais.
  • Saúde psicológica: aumento da inteligência emocional, redução do estresse e depressão.
  • Produtividade: de bom humor, somos mais assertivos, tratamos os problemas como oportunidades para nos tornarmos melhores e conseguirmos realizar mais trabalho.

No último século, psicólogos de todo o mundo começaram a estudar o fenômeno da felicidade e criaram várias dezenas de seus modelos. Apresentamos a você os dois mais eficazes em nossa opinião.

Modelo de felicidade Martin Seligman

Mais recentemente, Martin Seligman apresentou seu modelo chamado PERMA. Consiste em cinco elementos-chave que cada pessoa deve trazer para sua vida, a fim de aproveitar a vida e ser feliz.1

Emoções positivas

Seligman considera esse elemento o mais importante e simples, mas nem todas as pessoas entendem a importância das emoções positivas.

A capacidade de experimentar emoções positivas é mais do que apenas um sorriso, é a capacidade de ver o passado, presente e futuro de um ponto de vista positivo. Tal atitude em relação à vida lhe permitirá construir fortes relacionamentos com outras pessoas, alcançar o sucesso no trabalho e na criatividade.

Seligman insiste que você não deve se limitar a fatores externos, como alimentos, bebidas e compras de coisas caras. Se você aprendeu a ser otimista, mesmo quando você tem quase nada – isso já é um passo em frente. O que, claro, não significa que você deva se contentar com essa posição. Seja feliz já neste segundo, mas pense em como conseguir mais.2

Envolvimento

Em nossa vida, o envolvimento desempenha um papel incrível. Afinal, se o trabalho ou o treinamento nos dá prazer, então nosso nível geral de felicidade aumenta.

Todas as pessoas diferem umas das outras e acham coisas diferentes interessantes: tocar piano, dançar, praticar esportes ou encontrar um novo hobby. Quando estamos interessados, quando estamos no momento presente do tempo e tudo funciona para nós, alcançamos o estado de fluxo .

Relacionamento

Somos todos seres sociais e o nível de nossa felicidade é altamente dependente das relações com outras pessoas. Se tivermos excelentes relacionamentos com amigos, pais, filhos, colegas e parceiros, sentiremos satisfação com a vida.

O isolamento é prejudicial à saúde mental e, portanto, você precisa encontrar o equilíbrio certo entre concentração no trabalho e comunicação com outras pessoas.

Significado

Propósito e significado são de grande importância para nós. Queremos saber porque acordamos de manhã e vamos trabalhar. Qual é o sentido de tudo isso? Todos conhecem exemplos de pessoas que alcançaram tudo na vida, incluindo o sucesso financeiro, e então reconheceram que se tornaram ainda mais infelizes. Em busca da felicidade, eles se concentraram apenas em atender às suas necessidades. Além disso, no curso, ajudaremos você a encontrar o significado do seu trabalho e da sua vida.

Conquistas

A ambição é impulsionada pelo homem. Se você tem um objetivo e motivação, se você tem a capacidade de alcançar o sucesso, então você terá sucesso. Ambição é a capacidade de definir primeiro um objetivo realista e, em seguida, elevar o nível um pouco mais.

Aplicação modelo

Observe atentamente os cinco elementos e pense em como eles podem ser aplicados em sua vida. Lembre-se da psicologia positiva em casa e no trabalho. Encontre um projeto ou trabalho que faça você feliz e entusiasmado, que lhe permitirá atingir metas ambiciosas. Concentre-se nos relacionamentos com os membros da sua família, porque é para eles que você deseja ter sucesso.

Modelo de felicidade Ben-Shahara

Tal Ben-Shahar afirma que, no contexto da busca pela felicidade, as pessoas são divididas em quatro tipos.

  1. Corrida de ratos participantes . Essas pessoas não têm tempo e oportunidade de serem felizes, porque a felicidade está em algum lugar em um futuro feliz. Eles estão ocupados demais para aproveitar a vida. E mesmo quando conseguem, eles não estão felizes com ele, mas estabelecem novos objetivos e continuam a permanecer deprimidos e estressantes.
  2. Niilistas . Essas pessoas não vêem o sentido da vida e a esperança é considerada um mito. Eles não se sentem felizes no presente e não vêem um bom futuro nem para si nem para a humanidade. Tais pessoas atraem a atenção com seu pessimismo, mas estragam sua saúde física e emocional.
  3. Hedonistas . Essas pessoas se concentram exclusivamente em hoje. Apesar do fato de que muitos filósofos e psicólogos aconselham fazer exatamente isso, os hedonistas vão a extremos. Eles são incapazes de fazer planos ou economizar dinheiro para o futuro porque querem provar a vida aqui e agora. E, claro, substituem a verdadeira felicidade por falsas, concentrando-se em prazeres externos.
  4. As pessoas felizes . Essas pessoas encontraram o equilíbrio perfeito entre a felicidade presente e pensar no futuro. Eles aproveitam o presente mesmo a um custo mínimo, porque sabem apreciar coisas simples.

Aplicação modelo

Pensamentos sobre o passado devem evocar boas emoções, e os maus acontecimentos do passado devem ser analisados, as lições aprendidas e a dor e a tristeza esquecidas. Lembre-se de que nada impede que você seja feliz aqui e agora, porque apenas seus pensamentos e emoções o afetam. Pense bem, você quer ser feliz e você será. Não quero ser feliz – pense sobre o mal, dramatize e ofenda-se de todo. Pense no futuro não com cautela e preocupação, mas como oportunidades que você terá se melhorar suas habilidades.

Para ser feliz, você precisa fazer um esforço consciente para isso. Oferecemos duas técnicas que aumentarão significativamente suas chances de estar satisfeito com sua vida.

Meditação “Meio sorriso”

Um sorriso esticado diz ao seu cérebro que você está escondendo algo e pode levar ao estresse, dissonância cognitiva e até depressão. Enquanto um meio sorriso é uma expressão de serenidade. Tente um meio sorriso em si mesmo: respire algumas vezes e expire, deixando os músculos do rosto relaxarem para que os cantos da boca se estiquem levemente para cima.

Exercícios para meio sorriso:

  1. Meio sorriso depois de acordar . Este é o momento mais importante do dia em termos de felicidade. Se a manhã não estiver pronta, tudo corre mal, como gostaríamos, e a irritação acumula-se ao longo do dia. Coloque um toque relaxante no seu despertador. Assim que funcionou, abra os olhos e sorria discretamente. Respire profundamente algumas vezes.
  2. Meio sorriso enquanto relaxa . Cada pessoa pode encontrar tempo suficiente para descansar um pouco. Você pode relaxar mesmo quando vai ao seu escritório. Olhe para edifícios ou natureza e sorria.
  3. Meio sorriso enquanto ouve música . Ouça música agradável e relaxante por dois ou três minutos. Preste atenção nas palavras, ritmo e ritmo. Não se esqueça de respirar.
  4. Meio sorriso com irritabilidade . Assim que perceber que está aborrecido, sorria lentamente uma vez.
  5. Meio sorriso na posição sentada . Sente-se no chão ou em uma cadeira, relaxe os ombros e mantenha as costas retas. Meio sorriso. Algumas respirações profundas. Liberte seu aborrecimento.
  6. Meio sorriso em posição supina . Deite numa superfície lisa, coloque as mãos ao longo do corpo. Liberte todos os músculos do seu corpo. Sorria e faça 15 respirações profundas.
  7. Meio sorriso enquanto conversava com uma pessoa desagradável . Para aprender a manter suas emoções sob controle ao lidar com essa pessoa, você precisa se preparar antecipadamente. Sente-se e imagine-o. Imagine suas emoções e sensações, tente penetrar em seus pensamentos. Sorria Repita este exercício até que sua irritação desapareça.

Técnica “Psicologia da Felicidade”

Uma pessoa experimenta emoções de diferentes valências ao longo do dia – de positivas a extremamente negativas. Depois de algum tempo, torna-se um hábito e ele é exaltadamente feliz ou infinitamente infeliz. Ele não tem gradação de emoções positivas: apenas alegria violenta em momentos agradáveis. Como aprender a experimentar toda a gama de emoções positivas? Essa técnica é apenas sobre isso.1

Diário de Ação de Graças

Estamos constantemente insatisfeitos com alguma coisa, apesar do fato de que a maioria de nós não morre de fome e não tem falta de água. É importante experimentar a emoção da gratidão, tem um efeito benéfico no corpo. Faça uma lista das coisas pelas quais você é grato. Mesmo os menores, como uma xícara de chá ou a oportunidade de tomar um banho, são bem-vindos.2

Revista de felicidade

Como já mencionado, geralmente somos imensamente felizes ou infelizes. Alguns psicólogos chamam isso de embotamento emocional do estado. A felicidade também tem muitos matizes e devemos aprender a reconhecê-los todos.

Memorize os momentos felizes da sua vida e descreva-os em seu diário. Que atividade faz você se sentir vivo e real? Experimente, procure novas oportunidades para aumentar sua alfabetização emocional.3

Fotos mentais

A imaginação deve ser usada para seu próprio bem. Apresentar as imagens do futuro em detalhes completos. Este deve ser o seu futuro perfeito. Lembre-se de que o cérebro não vê a diferença entre imaginação e realidade, então tente conectar todos os sentidos.4

Atos de bondade

Além do lado moral da questão, o ato do bem permite que você experimente toda uma série de emoções positivas e enobrecedoras. Não espere por gratidão, ajude e faça o bem desse jeito. A recompensa você será um sentimento de felicidade e significado. Ajudar os outros, você pensa menos em si mesmo e não causa pensamentos obsessivos e desagradáveis.

Auto motivação

Auto-motivação é a motivação de si para realizar as tarefas necessárias, a realização de metas. Exemplos de pessoas ricas e bem sucedidas mostram que essa habilidade é uma das chaves.

Para aprender a se motivar, você precisa constantemente fazer as perguntas certas e fazer os exercícios. Nós damos a vocês dois.

Perguntas auto motivadoras

Essas perguntas ajudarão você a entender que às vezes você sabe, sem saber, como se motivar em quase todas as atividades. É importante lembrar-se disso e aplicar seus métodos conscientemente, e então você será capaz de “se erguer” mesmo durante uma tarefa difícil e desagradável.

  1. O que me motivou a frequentar cursos e fazer trabalhos no passado?
  2. O que me motiva a fazer o que faço? Qual é a minha paixão? Inspiração Apreciando o processo? Sentindo que eu vivo?
  3. Quando foi a última vez que consegui algo significativo, do que exatamente eu me orgulhava? O que exatamente eu consegui e o que me motivou a alcançá-lo?
  4. Como você se motivou em casos com tarefas complexas e desagradáveis, mesmo que você geralmente praticasse essa atividade?
  5. Que mudanças você deseja alcançar em sua vida pessoal e profissional? Como você planeja se motivar para conseguir isso? Como seus valores centrais se encaixam nesses planos? Quais são seus dois pontos fortes que ajudarão você a alcançar resultados?

Não se apresse em responder, dê-se tempo suficiente, relaxe, pegue uma caneta e papel. Você ficará surpreso ao descobrir que você já tem a capacidade de motivar-se para grandes coisas.

Em questões de auto-motivação, é importante se concentrar em seus pontos fortes, porque pensar em fraquezas sufoca o entusiasmo e faz você perder a confiança. Martin Seligman veio com um teste simples baseado em uma reflexão sobre os pontos fortes.

Teste de Martin Seligman

Seligman argumenta que respostas positivas para as seguintes perguntas ou se esforçando por elas permitirão a cada pessoa aprender como se motivar para qualquer atividade.

  • Criatividade . Sua mente é capaz de desafiar o status quo estabelecido e procurar maneiras melhores?
  • Curiosidade . Você se faz muitas perguntas e está procurando por respostas?
  • Uma mente aberta . Você consegue manter dois pensamentos conflitantes em mente ao mesmo tempo?
  • Adora aprender . Você aumenta a adrenalina no sangue quando aprende novas habilidades?
  • Perspectiva . Você consegue ver uma situação ou um problema de diferentes pontos de vista?
  • Coragem . Quando todos recuam, você pode seguir em frente?
  • Perseverança . Quando os outros estão prontos para desistir, você é a pessoa que os incentiva a tentar novamente?
  • Integridade . Você faz a coisa certa na hora certa, mesmo que ninguém esteja te observando?
  • Energia . Você é capaz de dar toda a sua energia para os projetos e tarefas que são mais importantes para você?
  • Amo . Você valoriza as pessoas em sua vida por serem únicas e únicas?
  • Goodwill . Você é capaz de se comportar de maneira cortês e benevolente com seus entes queridos e com estranhos?
  • Inteligência social . Você é capaz de apreciar o clima geral da sala quando você entra?
  • Justiça . Você acha que todas as pessoas têm os mesmos direitos?
  • Liderança . Você está procurando maneiras de liderar pessoas em caso de caos total?
  • Capacidade de perdoar . Você pode perdoar as pessoas que te machucaram?
  • Modéstia . Você aprende com outras pessoas regularmente?
  • Cuidado . Quando você tem duas opções, você escolhe aquela que requer menos recursos e, ao mesmo tempo, promete mais benefícios?
  • Auto-controle . Você é capaz de desistir de prazeres momentâneos para alcançar objetivos de longo prazo?
  • A capacidade de apreciar a beleza . Você é capaz de perceber a beleza da natureza e do mundo, de modo a motivá-lo para realizações futuras?
  • Graças . Você agradece ao destino e a outras pessoas pelo que você tem todos os dias?
  • Espero . Você se sente em tempos difíceis que eles logo passarão?
  • Humor . Você consegue ver o lado positivo em qualquer situação e tirar sarro de si mesmo?
  • Espiritualidade . Você se sente conectado a algo mais poderoso que você mesmo?

Seligman sabia que quando uma pessoa se faz perguntas, ele imediatamente começa a procurar por respostas, ou pelo menos a ter consciência de seus problemas. Dê a si mesmo tempo suficiente para responder a todas essas perguntas por escrito.

Abaixo apresentamos mais cinco técnicas que ajudarão você a aprender a se motivar.

Primeira técnica: SWOT

O primeiro exercício escrito : explore sua motivação e pontos fortes. Existem áreas da sua vida em que você demonstra grande habilidade, mas falta motivação? E vice-versa? Descubra os motivos e anote-os. Liste o que você pode fazer para melhorar suas habilidades e motivação.

Segundo exercício escrito : aplique a técnica de análise de personalidade SWOT em você.

  • Quais são seus pontos fortes? Por exemplo: “Eu sou uma pessoa criativa , posso apresentar corretamente minhas ideias e envolver outras pessoas no diálogo.”
  • Quais são suas fraquezas? Por exemplo: “Tenho medo de falar em público , acho que minha opinião é mais importante que a de outra pessoa e uso as possibilidades da Internet e de um smartphone incorretamente”.
  • Quais são suas opções? Por exemplo: “Eu vejo uma oportunidade de ajudar meus colegas com a ajuda do meu pensamento criativo e lógico . Além disso, sei como ajudar minha empresa a economizar dinheiro e tempo. ”
  • Quais são as ameaças? “Alguns dos meus colegas são inclinados para mim e isso pode levar à minha demissão . “

O terceiro exercício escrito : depois de aplicar a técnica SWOT, reflita sobre como fortalecer seus pontos fortes e minimizar os fracos. Em seguida, anote como você pode se beneficiar de suas oportunidades e evitar ameaças.

A segunda técnica: pirâmide de Maslow

O primeiro exercício escrito : para aprender a administrar suas necessidades, considere a pirâmide de Maslow . Esta teoria é criticada por alguns psicólogos e pessoas comuns, mas tem um certo fundamento sob ela e pode servir como uma estrela guia em sua vida.

  • Em que estágio da pirâmide você está agora?

O segundo exercício escrito : quando você tiver determinado seu estado atual, pense no que está perdendo para chegar ao próximo passo. Maslow afirmou que uma pessoa tem espaço para crescer todos os dias.

  • Para alcançar o próximo estágio, eu preciso: __ “

O terceiro exercício escrito : agora que você descobriu o que precisa para subir a pirâmide, pense nas dificuldades que pode encontrar. Lembre-se de que seu principal inimigo é você, então descubra os maus hábitos que você tem e como sua psicologia pode impedi-lo de alcançar seus objetivos.

O quarto exercício escrito : você sabe onde está, aonde está se esforçando e quais dificuldades encontrará, agora é hora de usar as afirmações . Estas são declarações positivas sobre o que você realmente é ou o que você quer se tornar. A grande vantagem das afirmações é que elas penetram no subconsciente, contornando a resistência da consciência. Por exemplo:

  • Eu tenho a sabedoria e o conhecimento para fazer o meu trabalho.
  • Eu sou uma pessoa criativa e posso lidar com essa tarefa.
  • Eu estou cheio de energia positiva.
  • Estou confiante em mim mesmo.
  • Eu sei como encontrar uma abordagem para as pessoas.

Quinto exercício escrito : faça uma lista de objetivos (Lista de Tarefas). Defina prioridades e atribua-as por valor: A, B, C, D.

A terceira técnica: autogestão

O primeiro exercício escrito : motivar-se significa a capacidade de assumir o controle de sua vida. Pense no seguinte:

  • seus bons e maus hábitos
  • atividades que você faz todos os dias

Você se mantém em forma? Você alimenta seu cérebro? Liste todas as formas de ajudá-lo a manter sua saúde e a comer alimentos saudáveis. Envolva-se em atividade mental: jogue xadrez e outros jogos que melhorem suas habilidades cognitivas. Por exemplo, aplicativos Elevate, BrainWars, Neuronation.

Segundo exercício escrito : não responda às três questões seguintes. Conecte-os ao seu objetivo, programa e plano de negócios:

  • Posso melhorar meu nível de habilidade ou autodesenvolvimento?
  • Se eu aumentar o meu nível, o que vai acontecer?
  • Eu apreciarei o sucesso que obtenho, se elevar meu nível? Se sim, porque? Se não, por que não?

O terceiro exercício escrito : determine exatamente como você pode assumir o controle de sua vida. Pergunte a si mesmo:

  • Eu estou no caminho certo?
  • Em caso afirmativo, vou valorizar os resultados do meu trabalho se eu tiver sucesso?
  • Se não estou no caminho certo, então por quê?

Quarto exercício escrito : use os quatro controles.

  • Como posso aprender a me controlar para que eu possa alcançar meus objetivos?
  • Como me comporto de maneira a estabelecer metas?
  • Como eu me torno mais organizado ?
  • Que plano devo criar para atingir meus objetivos?

A quarta técnica: uma atitude positiva

O primeiro exercício escrito : analise sua posição atual e status no trabalho. Responda a três perguntas:

  • O que me faz feliz no trabalho?
  • O que me faz infeliz no trabalho?
  • O que me motiva e me desmotiva?

Segundo exercício escrito : concentrar-se em ações positivas e produtivas. Responda as perguntas:

  • Que procedimento devo tomar para minimizar o desconforto do trabalho?
  • Que procedimento devo tomar para aumentar o prazer e a motivação do meu trabalho?

O terceiro exercício escrito : com base no exercício anterior e nas respostas, pense no que lhe permitirá melhorar seu status no trabalho. Você pode fazer isso com estas estratégias:

  • Realize um trabalho significativo e difícil.
  • Obtenha reconhecimento ajudando colegas.
  • Assuma a responsabilidade.
  • Envolva-se no autodesenvolvimento.

A quinta técnica: Benjamin Franklin

O primeiro exercício escrito : Franklin surgiu com o conceito de perfeição moral, que consiste em treze traços de caráter que toda pessoa deve desenvolver.

  • Moderação . Em comida e bebida.
  • Brevidade em palavras . Evite dizeres desnecessários.
  • Ordem . Todas as coisas devem estar no lugar.
  • A capacidade de resolver problemas . Faça o que você pode e deve fazer.
  • Frugalidade . Custos de controle
  • Diligência . Não execute ações desnecessárias, não perca tempo.
  • Sinceridade . Não se deixe enganar.
  • Justiça . Agir como uma pessoa decente.
  • Restrição . Evite extremos.
  • Limpeza . Seja intolerante às impurezas do corpo, roupas e habitat.
  • Calma . Não se preocupe com o inevitável.
  • Chastity . Seja moderado em contato próximo com o sexo oposto.
  • Humildade . Imite Sócrates e Jesus.

Quais desses recursos você tem? O que deve ser criado? Quais hábitos ruins interferem no desenvolvimento dessas qualidades?

O segundo exercício escrito : estabeleça metas que ajudem você a aprender a administrar a si mesmo e a outras pessoas. Por exemplo:

  • Primeiro, aprenda a se controlar e depois – a liderar o resto.
  • Trabalhe duro e corte suas despesas.
  • Controle seu discurso enquanto se comunica com outras pessoas.

Leave a comment.

Your email address will not be published. Required fields are marked*