Sat. Mar 28th, 2020

Equipe Médica FA – Transtornos e doenças

Artigos sobre doenças e transtornos mentais

Psicologia do relacionamento

inteligencia emocional


A primeira coisa a aprender nas relações com outras pessoas é que elas não devem ser impedidas de serem felizes – do jeito que elas querem que sejam.
Henry James

A psicologia das relações entre as pessoas sempre foi, é e continua sendo um dos tópicos mais importantes e significativos para a grande maioria das pessoas. Sem exageros, este é um tema eterno, no qual cada um de nós, independentemente de quem e como ele pretende construir relacionamentos, deve ser tratado muito bem. 

Afinal, como construímos nosso relacionamento com outras pessoas depende de nossa satisfação com nós mesmos e de nossas vidas, e para colocá-lo ainda mais profundamente, nossa felicidade dependerá disso.

 Portanto, queridos leitores, recomendo que você preste atenção especial a este tópico. 

Compartilharei com você neste artigo um conhecimento muito útil e valioso sobre a psicologia das relações que o ajudarão a melhorar seu relacionamento com outras pessoas e evitar muitos erros desnecessários nessa tarefa difícil. 

Você também aprenderá como construir novas, boas Você precisa de um relacionamento com todos com quem você quer. 

E isso é garantido para mudar sua vida para melhor e torná-lo pessoas mais felizes. Então vamos juntos estudar cuidadosamente este tópico eterno e importante para todos nós.

Bem, vamos começar. E primeiro, vamos dar uma olhada na psicologia dos relacionamentos o mais amplamente possível, a fim de entender completamente o alcance de suas capacidades. 

Caros leitores, por favor, note que a capacidade de construir relacionamentos, relacionamentos normais e úteis com outras pessoas é a chave para o sucesso, bem, se não em todas as coisas, então na maioria dos casos, com certeza. 

Basta pensar em quanto tudo em nossa vida, incluindo nosso estado interno, depende do relacionamento com as pessoas. Mesmo que não haja muitas dessas pessoas em sua vida, mas aquelas com quem você se comunica e interage são definitivamente importantes para você, e elas inevitavelmente afetam você e sua vida com bastante força. 

Portanto, seu relacionamento com eles deve ser, digamos, mais ou menos normal, e até melhor, bom. E esse relacionamento depende de você não menos do que neles. E eu geralmente penso que cada um de nós deve assumir a responsabilidade pelos relacionamentos com os outros.

 Afinal, é tão importante poder construir relacionamentos e mantê-los de modo a receber deles não apenas benefícios, mas também prazer. Por isso, devemos nos responsabilizar por essa habilidade em nós mesmos. Você concorda comigo? Tenho certeza de que eles concordam. É por isso que acredito que toda pessoa deve se interessar pela psicologia dos relacionamentos.

 Afinal, as pessoas são criaturas tão inquietas, têm um mundo interior tão rico e misterioso, tão simples, sem conhecimento especial, para construir com elas, bem, se não ideal, pelo menos mais ou menos normal, satisfazendo suas necessidades e desejos, relacionamentos são muito não é fácil.

 Afinal, é tão importante poder construir relacionamentos e mantê-los de modo a receber deles não apenas benefícios, mas também prazer. Por isso, devemos nos responsabilizar por essa habilidade em nós mesmos. Você concorda comigo? Tenho certeza de que eles concordam.

 É por isso que acredito que toda pessoa deve se interessar pela psicologia dos relacionamentos. Afinal, as pessoas são criaturas tão inquietas, têm um mundo interior tão rico e misterioso que é tão simples, sem conhecimento especial, construir com elas, bem, se não ideal, pelo menos mais ou menos normal, satisfazendo suas necessidades e desejos, relacionamentos não é fácil.

 Afinal, é tão importante poder construir relacionamentos e mantê-los de modo a receber deles não apenas benefícios, mas também prazer. Por isso, devemos nos responsabilizar por essa habilidade em nós mesmos. Você concorda comigo? Tenho certeza de que eles concordam. 

É por isso que acredito que toda pessoa deve se interessar pela psicologia dos relacionamentos. 

Afinal, as pessoas são criaturas tão inquietas, têm um mundo interior tão rico e misterioso, tão simples, sem conhecimento especial, para construir com elas, bem, se não ideal, pelo menos mais ou menos normal, satisfazendo suas necessidades e desejos, relacionamentos são muito não é fácil. que a psicologia dos relacionamentos deve estar interessada em todas as pessoas. 

Afinal, as pessoas são criaturas tão inquietas, têm um mundo interior tão rico e misterioso, tão simples, sem conhecimento especial, para construir com elas, bem, se não ideal, pelo menos mais ou menos normal, satisfazendo suas necessidades e desejos, relacionamentos são muito não é fácil. que a psicologia dos relacionamentos deve estar interessada em todas as pessoas. 

Afinal, as pessoas são criaturas tão inquietas, têm um mundo interior tão rico e misterioso que é tão simples, sem conhecimento especial, construir com elas, bem, se não ideal, pelo menos mais ou menos normal, satisfazendo suas necessidades e desejos, relacionamentos não é fácil.

Eu também quero lhe dizer que a psicologia dos relacionamentos precisa ser estudada não apenas de livros ou artigos como este, mas da minha própria experiência de vida. 

Amigos, aprendam a extrair insights profundos de seus relacionamentos com outras pessoas – lembre-se de que tudo o que acontece em sua vida acontece para você aprender alguma coisa. Qualquer evento em sua vida, bom ou ruim, é uma lição que você precisa aprender.

 Você pode aprender com sua própria vida, não menos do que muitos dos livros mais inteligentes, você só precisa estar muito atento a tudo o que acontece com você e pensar sobre isso.

 Quanto ao conhecimento, há muitos, muitos, tantos que você não terá vida suficiente para dominar nem mesmo uma pequena parte deles. Então, tente escolher os que estão mais próximos da sua vida. 

Um relacionamento com pessoas – com o sexo oposto, com os pais, com os filhos, com os amigos, com os superiores e com os subordinados, e assim por diante – isso, na minha opinião, e espero que, na sua opinião, também seja uma habilidade muito próxima da vida. 

Consequentemente, o conhecimento associado a ele deve ser obtido em detrimento de muitos outros conhecimentos, dos quais sua vida depende em muito menor grau.

Afinal, a coisa mais importante em nossa vida e em particular nas relações com as pessoas é a atenção, a nossa atenção. Dependerá de quem e do que pagamos mais, a qualidade e o sucesso de nossa vida dependerão de você. 

Você prestará atenção, digamos, no conhecimento errado e nas pessoas erradas, você se tornará [ou permanecerá] miserável, pessoas que não estão satisfeitas com suas vidas. E você começará a dedicar ao que é necessário para aqueles que precisam – tudo ficará bem com você. Espero que você me entenda e concorde comigo. Bem então

Sentido do relacionamento

Em tudo nesta vida deve haver sentido, porque está em tudo, só que nem sempre a vemos e a compreendemos. Existe esse significado nas relações com pessoas diferentes, mas para cada um de nós pode ser diferente, dependendo de nossas necessidades e desejos. 

Isso não é importante, sua visão e compreensão desse significado é importante. Do meu ponto de vista, o significado de qualquer relacionamento é – alegria, harmonia, tranquilidade, amor e felicidade, independentemente do que você vê. 

Além disso, por meio do relacionamento com outras pessoas, inclusive com o sexo oposto, satisfazemos nossas várias necessidades, tanto físicas quanto espirituais. 

Estritamente falando, atender a essas necessidades nos torna pessoas felizes. Mas aqui é importante entender que o mais importante nas relações entre as pessoas é não tomar, mas dar. 

Este é o significado dos relacionamentos – dar alegria às pessoas, dar-lhes amor, fazê-las felizes. Você sempre tem tempo para pegar o seu, mas devolvê-lo é muito mais difícil.

 Aqueles que preferem apenas tomar – nunca podem construir um relacionamento sério, forte, confiável, de longo prazo e feliz com outras pessoas. Você provavelmente percebeu isso, talvez até pelo seu próprio exemplo. 

Quantas vezes vemos como as pessoas fazem afirmações umas às outras pelo fato de lhes faltar alguma coisa ou querem, sem pensar em outra pessoa, sobre seu parceiro, amigo, companheiro, apenas um conhecido ocasional. É bom estar com essas pessoas? Você quer que eles façam alguma coisa?

 É possível que eles abram totalmente? Afinal de contas, vemos que eles não se importam conosco, eles apenas querem algo de nós e não vão nos dar nada em troca. dê-lhes amor, faça-os felizes. Você sempre tem tempo para pegar o seu, mas devolvê-lo é muito mais difícil. 

Aqueles que preferem apenas tomar – nunca podem construir um relacionamento sério, forte, confiável, de longo prazo e feliz com outras pessoas. Você provavelmente percebeu isso, talvez até pelo seu próprio exemplo.

 Quantas vezes vemos como as pessoas alegam umas às outras o fato de que lhes falta algo ou querem, sem pensar em outra pessoa, sobre seu parceiro, amigo, companheiro, apenas um conhecido ocasional. É bom estar com essas pessoas? Você quer que eles façam alguma coisa? 

É possível que eles abram totalmente? Afinal de contas, vemos que eles não se importam conosco, eles apenas querem algo de nós e não vão nos dar nada em troca. dê-lhes amor, faça-os felizes. 

Você sempre tem tempo para pegar o seu, mas devolvê-lo é muito mais difícil. Aqueles que preferem apenas tomar – nunca podem construir um relacionamento sério, forte, confiável, de longo prazo e feliz com outras pessoas.

 Você provavelmente percebeu isso, talvez até pelo seu próprio exemplo. Quantas vezes vemos como as pessoas alegam umas às outras o fato de que lhes falta algo ou querem, sem pensar em outra pessoa, sobre seu parceiro, amigo, companheiro, apenas um conhecido ocasional. É bom estar com essas pessoas? Você quer que eles façam alguma coisa?

 É possível que eles abram totalmente? Afinal de contas, vemos que eles não se importam conosco, eles apenas querem algo de nós e não vão nos dar nada em troca. Mas dar é muito mais difícil. A

queles que preferem apenas tomar – nunca podem construir um relacionamento sério, forte, confiável, de longo prazo e feliz com outras pessoas. Você provavelmente percebeu isso, talvez até pelo seu próprio exemplo. 

Quantas vezes vemos como as pessoas fazem afirmações umas às outras pelo fato de lhes faltar alguma coisa ou querem, sem pensar em outra pessoa, sobre seu parceiro, amigo, companheiro, apenas um conhecido ocasional. É bom estar com essas pessoas? Você quer que eles façam alguma coisa? 

É possível que eles abram totalmente? Afinal de contas, vemos que eles não se importam conosco, eles apenas querem algo de nós e não vão nos dar nada em troca. Mas dar é muito mais difícil.

 Aqueles que preferem apenas tomar – nunca podem construir um relacionamento sério, forte, confiável, de longo prazo e feliz com outras pessoas. Você provavelmente percebeu isso, talvez até pelo seu próprio exemplo. 

Quantas vezes vemos como as pessoas fazem afirmações umas às outras pelo fato de lhes faltar alguma coisa ou querem, sem pensar em outra pessoa, sobre seu parceiro, amigo, companheiro, apenas um conhecido ocasional. É bom estar com essas pessoas? Você quer que eles façam alguma coisa?

 É possível que eles abram totalmente? Afinal de contas, vemos que eles não se importam conosco, eles apenas querem algo de nós e não vão nos dar nada em troca. relacionamentos felizes com outras pessoas. Você provavelmente percebeu isso, talvez até pelo seu próprio exemplo. 

Quantas vezes vemos como as pessoas fazem afirmações umas às outras pelo fato de lhes faltar alguma coisa ou querem, sem pensar em outra pessoa, sobre seu parceiro, amigo, companheiro, apenas um conhecido ocasional. É bom estar com essas pessoas? Você quer que eles façam alguma coisa? 

É possível que eles abram totalmente? Afinal de contas, vemos que eles não se importam conosco, eles apenas querem algo de nós e não vão nos dar nada em troca. relacionamentos felizes com outras pessoas. Você provavelmente percebeu isso, talvez até pelo seu próprio exemplo.

 Quantas vezes vemos como as pessoas fazem afirmações umas às outras pelo fato de lhes faltar alguma coisa ou querem, sem pensar em outra pessoa, sobre seu parceiro, amigo, companheiro, apenas um conhecido ocasional. É bom estar com essas pessoas? Você quer que eles façam alguma coisa? 

É possível que eles abram totalmente? Afinal de contas, vemos que eles não se importam conosco, eles apenas querem algo de nós e não vão nos dar nada em troca. Camarada, apenas um conhecido casual. É bom estar com essas pessoas? Você quer que eles façam alguma coisa? 

É possível que eles abram totalmente? Afinal de contas, vemos que eles não se importam conosco, eles apenas querem algo de nós e não vão nos dar nada em troca. Camarada, apenas um conhecido casual. É bom estar com essas pessoas? Você quer que eles façam alguma coisa?

 É possível que eles abram totalmente? Afinal de contas, vemos que eles não se importam conosco, eles apenas querem algo de nós e não vão nos dar nada em troca.

Esse egoísmo nos relacionamentos os mata. Ele até mata relacionamentos que foram endurecidos pelo tempo e dificuldades, como acontece na vida familiar, porque se você exige algo o tempo todo e não dá nada em troca, então o relacionamento se transforma em uma forma de exploração por uma pessoa de outra pessoa sua base na forma de amor, respeito, compreensão, assistência mútua e assim por diante. 

É assim que um parasita, sem saber a medida, destrói o corpo de seu habitat, é assim que demandas excessivas em um relacionamento esgotam sua forma e destroem sua base. 

Então lembre-se, amigos, para construir relacionamentos fortes e confiáveis ​​- tente dar mais e receber menos. Mas vamos apenas aqueles que realmente merecem, e apenas o que eles realmente precisam. E todos nós sabemos que nem todos merecem amor e respeito. Portanto, não é necessário sacrificar-se por causa daqueles que não merecem isso, não procurem o bem com o bem. 

Assim, você deve ver o significado nas relações com pessoas diferentes, não apenas para entender o que você pode obter deste relacionamento e como você pode obtê-lo e se você pode, mas também para entender o que você pode e Mais importante, você quer dar a essas pessoas. 

Eu não aconselho você a parasitar as relações com as pessoas. Você vai se comportar egoisticamente, mais cedo ou mais tarde você estará cercado principalmente por egoístas, assim como você.

 Ou seja, você criará suas próprias condições de vida de lobo, em vez de construir relacionamentos normais com pessoas normais. Bem, o que considerar, neste caso, normal – decidir por si mesmo. 

Todos nós temos nossos próprios valores. Não esqueça apenas que a sua atitude em relação a outras pessoas determinará em grande parte

A essência do relacionamento

Agora vamos pensar sobre qual a essência do relacionamento. Do exposto, podemos concluir que precisamos, na medida do possível, nos familiarizarmos e nos encontrarmos com pessoas com as quais podemos construir relações normais para obter deles benefício e prazer, para aproveitar plenamente a vida, alcançar objetivos, superar com sucesso dificuldades, a fim de viver feliz o seu destino. 

Sem relações normais com pessoas normais que podem ser confiáveis, com as quais você pode confiar, com quem você pode compartilhar o mais íntimo – você simplesmente não pode viver uma vida plena e desfrutar plenamente dela.

 Assim, a essência do relacionamento é o prazer e o benefício, bem como a oportunidade de se abrir totalmente ao lado de outra pessoa. 

Não deixe que todas as pessoas possam construir um relacionamento Isso irá ajudá-lo a se abrir completamente, porque nem todas as pessoas podem entrar em sua alma, mas somente aqueles que são dignos dela, que podem aliviá-la, e não fazer uma bagunça nela.

 Mas no que diz respeito aos benefícios, pode ser derivado de relacionamentos com todas as pessoas, sejam elas quais forem. Benefício, mas não é divertido – tenha isso em mente.

Os relacionamentos podem ser diferentes, dependendo de quem e com que propósito você os está construindo. 

Mas se estamos falando de tais relações que deveriam nos satisfazer completamente, então é absolutamente óbvio que elas deveriam se alinhar apenas com pessoas decentes. Deixe-os ser um pouco, e eles devem ser um pouco, contanto que sejam pessoas com as quais você estará bem, a quem você será capaz de confiar as coisas mais íntimas que estão dentro de você. 

E, como descobrimos acima – estas devem ser pessoas que podem receber uma parte de si mesmas, para quem você pode fazer o bem, com todo meu coração, e não ter medo de que usem sua gentileza contra você. 

Afinal de contas, é inútil dar algo a pessoas que só podem agarrar e não dar nada em troca, que percebam a bondade de outra pessoa, como uma fraqueza que elas buscam aproveitar.

 Portanto não faz sentido construir relacionamentos com tais pessoas, esperando delas algo especial, algo sublime, algo confiável e eterno que eles simplesmente não podem lhe dar. Nascido para engatinhar – não pode voar.

 Portanto, não há necessidade de esperar de algumas pessoas mais do que elas são capazes.

 E eles não precisam dar nada – não jogue as contas na frente daqueles que as pisam. Procure pessoas que sejam adequadas para o relacionamento em que você confia e de que precisa. Mas não se esqueça de que eles precisam das mesmas pessoas decentes que eles. Vamos dizer que o relacionamento com o sexo oposto será tão forte quanto as pessoas se encaixam. 

Você não pode encontrar um bom marido, ser uma esposa má ou uma boa esposa, sendo um mau marido. E se as pessoas que são inadequadas entre si ainda convergem, então uma delas necessariamente começa a sofrer. 

Eu vi muitos casais incompatíveis na minha vida, e eu sabia que não haveria uma relação longa entre essas pessoas, que a hora chegaria e tudo isso, inicialmente, uma construção instável entraria em colapso, o que aconteceu mais tarde. 

Você deve ser capaz de escolher o seu próprio pessoal para construir com eles – o relacionamento normal, o tipo de relacionamento que você precisa, e não tentar mudar as pessoas para atender às suas necessidades. E você mesmo deve corresponder à pessoa para quem está se candidatando. 

E só então podemos falar sobre coisas como respeito, amor, compreensão, etc., que dão prazer a uma pessoa em relacionamentos com outras pessoas e em que vemos a essência dos relacionamentos.

 Quanto aos benefícios, como já disse, pode ser obtido a partir de relacionamentos com qualquer pessoa, você só precisa encontrar a abordagem correta para eles, a fim de obter o máximo benefício deles.

Eu não sei o que cada um de vocês, queridos leitores, precisa no momento, mas quero dizer que construir um relacionamento sério, confiável, forte e geralmente bem-sucedido sempre se resume a construir um tipo de sistema e um sistema bastante complicado. em que suas qualidades pessoais serão refletidas e as qualidades das pessoas com as quais você constrói esses relacionamentos. 

Para construir este sistema, você precisa ter as qualidades pessoais necessárias que você naturalmente precisa em si mesmo, especialmente em si mesmo, para desenvolver. E então essas qualidades devem ser procuradas em outras pessoas. 

Afinal, um relacionamento sério entre as pessoas é um alto grau de organização dessas pessoas, exigindo delas responsabilidade, decência, disciplina, honestidade, abertura e muitas outras qualidades humanas superiores.

 Portanto, às vezes é muito difícil construir relações normais se você e aqueles com quem você está tentando construir não estiverem suficientemente desenvolvidos.

 Nós todos sabemos que, por várias razões, algumas pessoas só podem brigar entre si. Eles, para seu próprio pesar, não sabem como construir relações normais entre si, para eles essa é uma tarefa impossível. 

Essas pessoas geralmente entram em conflito, sempre tentam se usar e muitas vezes traem as pessoas próximas a elas. Outros eles não podem. 

Portanto, a fim de construir, digamos, grandes relacionamentos, você precisa se desenvolver como pessoa, estar focado na compreensão, primeiro de tudo, de si mesmo, de seu comportamento, de seus motivos, desejos, fraquezas. 

Isso ajudará outras pessoas a entender melhor e, mais importante, por causa disso, uma pessoa se tornará tolerante com muitos fenômenos indesejáveis ​​em sua vida, por causa do qual ele instintivamente entra em conflito com os outros. 

Afinal, quanto menos a pessoa entende, mais ele pode não gostar de tudo e mais pode estar em conflito. Relacionamentos com pessoas precisam de compreensão e paciência, então eles serão sustentáveis.

Objetivo do relacionamento

O propósito dos relacionamentos determina seu significado. Nós conversamos sobre o significado dos relacionamentos acima, agora vamos falar sobre quais objetivos você pode perseguir, construindo relacionamentos com pessoas diferentes e como a psicologia dos relacionamentos pode ajudá-lo com isso.

 Os objetivos do relacionamento podem ser muito diferentes e, portanto, o relacionamento também pode ser diferente. 

Para alguém, o relacionamento com outras pessoas e, em particular, com o sexo oposto é o desejo de obter o próprio, sem dar nada em troca, e para alguém é uma troca mutuamente benéfica quando as pessoas se ajudam a satisfazer diferentes necessidades quando são úteis umas para as outras. 

Bem, alguém quer manter com outras pessoas apenas relações normais e amistosas, sem quaisquer obrigações, por assim dizer, para que a alma, isto é, para a satisfação das necessidades espirituais, seja mais precisa. Mas ao mesmo tempo, você deve sempre lembrar que qualquer relacionamento deve ter um objetivo claramente entendido, objetivos.

 Isso é necessário para que, em primeiro lugar, em sua vida não haja pessoas desnecessárias que distraiam sua atenção para si mesmo, e ainda mais para as pessoas que possam prejudicá-lo, e em segundo lugar, que você entenda não apenas o seu próprio e as metas de outras pessoas e tentaram, na medida do possível em suas habilidades, ajudar outras pessoas a alcançá-las, para que elas, por sua vez, ajudassem você a alcançar seus objetivos. 

Afinal, as pessoas não apenas mantêm relacionamentos com você, mas também devem se interessar por elas, úteis, benéficas. mas as metas de outras pessoas e tentaram, na medida do possível em suas habilidades, ajudar outras pessoas a alcançá-las, de modo que elas, por sua vez, ajudariam você a alcançar seus objetivos. 

Afinal, as pessoas não apenas mantêm relacionamentos com você, mas também devem se interessar por elas, úteis, benéficas. mas as metas de outras pessoas e tentaram, na medida do possível em suas habilidades, ajudar outras pessoas a alcançá-las, de modo que elas, por sua vez, ajudariam você a alcançar seus objetivos. 

Afinal, as pessoas não apenas mantêm relacionamentos com você, mas também devem se interessar por elas, úteis, benéficas.

Bem, para que as pessoas não obtenham benefícios unilaterais de suas relações com elas – sempre tente descobrir por que elas mantêm relações com você ou tentam estabelecê-las e para o qual você mantém relações com essas pessoas.

 E também, pense em detrimento de algum outro relacionamento que você está fazendo. Afinal, você não pode prestar atenção a todos, sem exceção, as pessoas que estão em sua vida e, mais ainda, a potenciais parceiros e amigos que você nem conhece, mas que você pode encontrar no futuro.

 Portanto, você precisa escolher – qual deles é digno e quem não é digno de sua atenção. Portanto, não faz sentido, se não há meta, manter relações com aquelas pessoas de quem você não tem absolutamente nenhum benefício, seja material ou espiritual, mesmo puramente hipotético, e ainda mais com aqueles que o prejudicam, Com quem você está desconfortável, quem te machuca e te faz sofrer. 

Não se esqueça de que a vida não é tão longa a ponto de desperdiçá-la em coisas desnecessárias, coisas sem sentido e especialmente em pessoas de que você não precisa.

Portanto, nunca esqueça as metas que deseja atingir, construindo e mantendo relacionamentos com determinadas pessoas. Basta pensar sobre o que suas necessidades, desejos e sentimentos estão subjacentes ao seu desejo de construir relacionamentos com pessoas diferentes e com cada pessoa específica. 

O que você quer de outras pessoas? E o que você mesmo pode e está pronto para oferecê-los em troca? Você acha que tal troca é justa? 

E o que você acha que outras pessoas, outra pessoa, contarão o mesmo? Para eles, sua abordagem aos relacionamentos, seu desejo de obter algo deles e sua oportunidade de lhes dar algo em troca – será atraente? 

Certifique-se de pensar sobre esses problemas antes de começar a construir relacionamentos com outras pessoas com base em seus interesses e desejos. Pense no que outras pessoas podem querer Não ignore seus interesses, mas considere-os.

 Afinal, se você puder abordar a questão das relações não apenas do ponto de vista de seus interesses, mas também do ponto de vista dos interesses de outras pessoas, será mais fácil, muito mais fácil, construir esses mesmos relacionamentos com elas.

 E é provável que essas relações sejam mutuamente benéficas e mutuamente satisfatórias e, por isso, bastante fortes.

Relacionamento de sucesso

Agora vamos falar sobre a capacidade de construir um relacionamento de sucesso com as pessoas, o que podemos chamar de arte. Sob a arte dos relacionamentos, eu, entre outras coisas, escrevi e disse muito, entendendo a capacidade das pessoas de fazer concessões umas com as outras quando necessário.

 E para isso você precisa ser capaz de domar seu ego e refrear seu egoísmo. A maioria das relações chega a um impasse apenas porque ninguém quer ceder, todo mundo se mantém firme, todo mundo se considera absolutamente correto e não quer sacrificar alguma coisa em nome dos relacionamentos com outras pessoas, incluindo sua própria verdade. Mas se você não desistir, se você se mantiver firme, não haverá relações normais. 

É claro que também é desnecessário ceder sempre a todos, caso contrário as pessoas rastejarão ao redor do pescoço, e isso também contribuirá para a destruição das relações com eles, porque você não pode ser um servo para outras pessoas. querendo manter relações normais com eles – isso os corrompe. 

É precisamente por causa da dificuldade de definir essa situação e até o momento em que é necessário ceder a outra pessoa para manter ou construir um relacionamento com ele, chamo a capacidade de fazer concessões – a arte dos relacionamentos. Você entende a diferença? 

Não é a flexibilidade que chamo de arte, mas a capacidade de produzir quando é necessário.

 É necessário entender, e às vezes sentir, quando e a quem é necessário ceder, a fim de preservar, salvar, construir relacionamentos e quando é necessário descansar em um chifre e ficar em pé sozinho até o fim. 

Você entende a diferença? Não é a flexibilidade que chamo de arte, mas a capacidade de produzir quando é necessário. 

É necessário entender, e às vezes sentir, quando e a quem é necessário ceder, a fim de preservar, salvar, construir relacionamentos e quando é necessário descansar em um chifre e ficar em pé sozinho até o fim. Você entende a diferença? 

Não é a flexibilidade que chamo de arte, mas a capacidade de produzir quando é necessário. 

É necessário entender, e às vezes sentir, quando e a quem é necessário ceder, a fim de preservar, salvar, construir relacionamentos e quando é necessário descansar em um chifre e ficar em pé sozinho até o fim.

Agora, alguém se pergunta como devemos nos relacionar com outras pessoas para que elas nos tratem da maneira que queremos? Ok Ruim? Ou como? 

Você sabe, não é tão fácil responder a essa pergunta. Parece que você pode simplificar tudo e dizer que as pessoas devem ser tratadas da maneira que você quer que elas tratem você.

 E isso é verdade, mas não em todos os casos. As pessoas sábias sabem que outras pessoas nem sempre refletem nossa atitude em relação a elas, e às vezes algumas delas precisam ser muito maltratadas, para que elas sejam bem tratadas. 

Portanto, a próxima frase preferiria ser mais correta – tratar as pessoas da maneira que elas merecem. 

Mas que tipo de atitude para cada pessoa merece, é bastante difícil de descobrir, para isso você precisa saber como essa pessoa deveria ser, para entender que tipo de pessoa ele é. E ser bom com todo mundo é errado, como é errado ser mal com todos.

 Então, você precisa dar apenas àquelas pessoas que podem e devem dar, e somente quando for necessário. 

Portanto, para construir relações de sucesso com outras pessoas, a conformidade competente é uma habilidade muito valiosa que chamo de arte de relacionamentos. 

Existem outras habilidades úteis que também são importantes, mas essa habilidade, de acordo com minhas observações, é especialmente importante.

Psicologia da relação entre um homem e uma mulher

A relação entre um homem e uma mulher é um dos mais importantes e, ao mesmo tempo, problemáticos tipos de relações entre pessoas que interessam e excitam muitas pessoas de ambos os sexos. 

Muitos homens e muitas mulheres não podem construir relações normais entre si, inclusive devido às razões que mencionei acima, que as satisfariam completamente e lhes permitiriam viver uma vida plena sem todos esses escândalos, disputas, acusações mútuas e formas parasitismo um sobre o outro. Embora eles tenham tal desejo.

 Mas o desejo sozinho não é suficiente. Os relacionamentos, como tudo o mais, precisam aprender, especialmente os relacionamentos com o sexo oposto, para os quais é extremamente importante poder entrar na posição de outra pessoa para entender suas necessidades, desejos, problemas e levá-los em conta em seu comportamento com ele. 

E é muito difícil, ser homem, entrar na posição de mulher, ou sendo mulher, entra na posição de homem. 

Para fazer isso, você precisa conhecer bem a psicologia do sexo oposto e não ser egoísta, pensando apenas em si mesmo e em seus desejos.

Em geral, a relação entre um homem e uma mulher é uma forma bastante sutil de cooperação e, quando é sutil, muitas vezes quebra. Tais relacionamentos exigem das pessoas, como eu disse acima, a capacidade de dar, a capacidade de negociar, a capacidade de ser útil para o outro. 

E muitos homens e mulheres vêem nos relacionamentos uns com os outros a oportunidade de melhorar suas vidas, eles não levam em conta e, portanto, não levam em conta os interesses de seus parceiros e vivem de acordo com o princípio – eu ou eu. 

Bem, você não pode concordar, porque somos pessoas, seres racionais, não temos que confiar na força nas relações entre si, mas no senso comum.

 É impossível viver feliz, construindo relacionamentos com o sexo oposto sobre o medo e a violência, sobre a dependência de uma pessoa sobre outra, sobre o uso de uma pessoa por outra ou, como agora é aceito, nas atitudes do consumidor em relação ao outro. 

Um homem e uma mulher são duas partes de um único todo, elas são feitas uma para a outra e não para se oporem umas às outras, isso é o que é importante entender

Eles devem ver um ao outro com sua própria reflexão e se tratarem enquanto cada um deles se trata com compreensão e respeito. 

Para chegar a isto, você precisa saber sobre todas as virtudes de um relacionamento normal, então as pessoas terão o desejo de construí-las, e elas as construirão, porque elas têm a oportunidade.

Ainda é escutado com muita frequência que a relação entre um homem e uma mulher é baseada no desejo sexual de um pelo outro. Em geral, isso é verdade, mas apenas parcialmente do ponto de vista da fisiologia. 

Temos uma necessidade de intimidade com o sexo oposto, e nos esforçamos para satisfazê-lo, por isso mostramos interesse no sexo oposto. Mas estamos com você, acima de tudo, falando sobre psicologia, sobre os segredos de nossa alma misteriosa. 

E nossa alma requer não apenas prazer físico, mas também espiritual. Então, me diga, queridos leitores, você tem tal coisa que quando você olha para uma pessoa do sexo oposto, você primeiro sente uma ligeira excitação, gradualmente se transformando em um calor crescente em seu peito, acompanhado por algum tipo de experiência completamente inexplicável, mas muito agradável.

como se nas profundezas de sua alma algo lindo e maravilhoso estivesse acordando algo fascinante que começa a cobrir todos vocês de dentro, permitindo que você experimente uma felicidade incrível? 

Espero que você tenha experimentado algo semelhante em sua vida, e se não, então certifique-se de que a hora chegará e você certamente a experimentará.

Eu quero notar que não é tão fácil descrever com palavras todos os sentimentos que as pessoas podem experimentar quando uma pessoa especial aparece em suas vidas. 

Eu estou compartilhando com você minhas próprias experiências, então eu nem sei como descrevê-las corretamente, como transmitir a você o estado quando você sente a luz em sua alma que o preenche por dentro e sua alma, não seu corpo, mas sua alma , brilhante, eterno, atraído para a alma de outra pessoa, querendo se fundir com ela em um único todo e se dissolver na eternidade. 

Isso é amor? É possível. Muito provavelmente amor. Mas isso não é algum tipo de amor terreno, mas esse amor, que uma vez se originou, pode viver para sempre e nos permite sentir algo mais do que sabemos sobre nós mesmos.

 E contra o pano de fundo desse grande sentimento que somos capazes de experimentar, do qual podemos desfrutar, É possível falar sobre a relação entre um homem e uma mulher, e a relação entre uma mulher e um homem? Afinal de contas, quando você sabe que existe tal sentimento que nasce nas profundezas de sua alma e que pode torná-lo realmente feliz, você não quer experimentá-lo, você não quer desfrutá-lo para sempre? 

Claro que você quer. Portanto, não, amigos, a relação entre um homem e uma mulher deve e pode ser muito mais do que apenas desejo sexual. 

Nós só precisamos nos conhecer melhor a fim de entender o que podemos obter se não nos esforçarmos por relações primitivas entre si, mas por aquelas relações através das quais experimentamos uma grande felicidade. que nasce nas profundezas da sua alma e que pode fazer você verdadeiramente feliz, você não quer experimentá-lo, você não quer aproveitar para sempre? 

Claro que você quer. Portanto, não, amigos, a relação entre um homem e uma mulher deve e pode ser muito mais do que apenas desejo sexual. 

Só precisamos nos conhecer melhor a fim de entender o que podemos obter se não nos esforçarmos por relações primitivas entre si, mas por tais relações, graças às quais teremos uma grande felicidade. que nasce nas profundezas da sua alma e que pode fazer você verdadeiramente feliz, você não quer experimentá-lo, você não quer aproveitar para sempre?

 Claro que você quer. Portanto, não, amigos, a relação entre um homem e uma mulher deve e pode ser muito mais do que apenas desejo sexual. 

Só precisamos nos conhecer melhor a fim de entender o que podemos obter se não nos esforçarmos por relações primitivas entre si, mas por tais relações, graças às quais teremos uma grande felicidade.

Resumindo tudo isso, quero observar, queridos leitores, que a psicologia dos relacionamentos não fica parada – ela aprende constantemente algo novo sobre as pessoas e seus relacionamentos uns com os outros, o que nos permite entender melhor a nós mesmos, nossas necessidades, desejos e oportunidades. qual nosso comportamento depende. 

Seja qual for o relacionamento do qual você está falando, seja um relacionamento entre um homem e uma mulher ou um relacionamento entre amigos, colegas, pais e filhos, eles de alguma forma surgem do nosso desejo de melhorar nossa vida. Não podemos estar sozinhos, somos seres sociais, portanto, em qualquer caso, precisamos interagir uns com os outros de alguma forma. 

E se assim for, então provavelmente é melhor fazê-lo de tal maneira que seria bom para todos nós, se possível, para que todos ficássemos felizes com nossos relacionamentos com outras pessoas. 

É possível? Eu acho que sim. Você só precisa seguir certas regras que fazem a ordem necessária em nossas vidas. Sobre o mais, na minha opinião, importante deles, eu disse a você neste artigo. 

Devemos entender que, sem certos autocontrole, um homem não pode ser um homem ou, se preferir, um super-homem que todos queremos ver em nós mesmos e nos outros. 

Não força e não medo, mas a razão e o amor devem formar a base de nossos relacionamentos com outras pessoas, então esses relacionamentos serão bem-sucedidos e felizes. quem todos nós queremos ver em nós mesmos e nos outros. 

Não força e não medo, mas a razão e o amor devem formar a base de nossos relacionamentos com outras pessoas, então esses relacionamentos serão bem-sucedidos e felizes. quem todos nós queremos ver em nós mesmos e nos outros. 

Não força e não medo, mas a razão e o amor devem formar a base de nossos relacionamentos com outras pessoas, então esses relacionamentos serão bem-sucedidos e felizes.